RSS

[VÍDEO] Pastor homofóbico vira caso de polícia na Praça da Sé em SP

18 Jul

Cristiano Xavier, de 36 anos, um dos evangélicos que pregam diariamente na Praça da Sé, região central de São Paulo, tem um discurso violento contra LGBTs, as pregações de Xavier e seus correligionários na praça têm virado caso de polícia.

“É um tema que causa polêmica, atrai público. Está até no meu DVD. R$ 10. Quer comprar um?”, pergunta Xavier, depois de terminar a palavra, puxando o repórter para um canto. Em seu discurso de ontem, ele gritava: “Os bicha deixam Deus em segundo plano. São promíscuo, sujo, faz orgia (sic)…”.

E passando pelo local, lésbicas, gays e simpatizantes reclamam no posto policial da atitude homofobia. Eventualmente, a reclamação evolui para um registro no 1.º Distrito Policial, na Liberdade, que atende a região.

Postado dia 28 no YouTube, embate entre LGBTs e evangélicos na praça já teve cerca de 10 mil acessos. Na ocasião, um homem e uma mulher que discordaram do pastor foram xingados de “filhos de satã”. Policiais precisaram usar gás de pimenta para evitar agressões. Segundo PMs, há confrontos semanais. “Qualquer pessoa de roupa colorida já é classificada de ‘criatura do demônio'”, diz policial.

Fonte: Portal Gay1

As pregações ofensivas contra Homossexuais ao que parece são frequentes e sempre tendo como protagonistas Fanaticos (Lunaticos) Evangélicos, vejam esse outro vídeo abaixo:

Anúncios
 
 

Etiquetas: , , , , ,

One response to “[VÍDEO] Pastor homofóbico vira caso de polícia na Praça da Sé em SP

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: