RSS

QUEM NÃO VIU, VAI VER: Uganda – O pior lugar do mundo para ser Homossexual

05 Out

O DJ britânico Scott Mills é militante dos direitos dos gays e foi até Uganda para ver de perto a realidade homofóbica do país de maioria Cristã

 

Então, o titulo já desperta uma enorme curiosidade não é mesmo?

O documentario que vocês verão a seguir tem quase uma hora de duração, foi produzido pela BBC e já foi exibido no Brasil pelo canal GNT, é narrado em português de portugal, porém nada que comprometa a compreensão dos leitores.

Mais do que nos deixar chocados o documentario mostra a realidade de um pais onde religião protestante e politica se fundem e se confundem com democracia, nossa realidade não seria muito diferente se certos candidatos e uma certa bancada evangelica não forem detidos através dos nossos votos. Parece radical estar dizendo isso né?, mas podem acreditar, não é não!.Homofobia é homofobia e mata na Africa, no Brasil e em qualquer lugar do mundo.

Quem teve a coragem para ir até lá foi o DJ britânico Scott Mills – que é militante dos direitos dos gays. Para quem não sabe, lá na Uganda a homossexualidade é ilegal. Espancar e torturar é uma das penas que algumas pessoas podem “receber” caso seja gay. Queimar vivo, também é uma das sugestões para um homem que gostar de outro…

De acordo com o Censo de 2002, 84% dos ugandeses são cristãs – divididos mais ou menos meio a meio entre católicos (41,9%) e anglicanos (35,9%). Apenas 12% são islâmicos. Apenas 1% segue as religiões tradicionais.

 

CONFIRA TAMBÉM:

Anúncios
 

Etiquetas: , , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: